A Clinica Equipe Infertilidade Tratamentos


Não consigo engravidar!

A constituição de uma família é, de um modo geral, sonho de toda mulher na fase reprodutiva. Ela quer ver sua casa cheia de crianças, amamentar e acalentar seu bebê, mostrar com orgulho aquela barriga grávida, levar as crianças à escola, sonhar com netos... Parece quase certo que no momento que a mulher desejar ela terá sua família do tamanho que sonhar. Fazem parte desse sonho a vida familiar, a realização de si mesma e do companheiro, as experiências com a gravidez, o parto e a amamentação. Isso tudo é uma extensão do casamento, do relacionamento estável, da sexualidade e do amor.

São tantas coisas que passam pelas cabeças dessas mulheres, que se torna quase um martírio quando essa possibilidade não existe. Descobrir que tem dificuldade em engravidar pode levá-la a sentimentos dolorosos e de difícil compreensão, de difícil controle. Porque eu? Porque não consigo? Será que esse diagnóstico é para sempre? Será que nunca vou ser mãe? A mulher começa a ter medo do diagnóstico, medo de não conseguir seu sonho, medo de não ser capaz.

Na maioria das vezes ela se isola em seu mundo de frustração, achando que ela é única no mundo, que não haverá solução para sua situação. A cada criança que ela vê na rua, com seus amigos, mais ela se machuca e acha que ninguém entende como ela está se sentindo. Nem seu marido... Muito menos seu marido.

A infertilidade passa a ser vista como uma punição, e ela não consegue entender o que fez para merecer isso. O fracasso em ser mãe parece estampado no espelho a cada manhã, a cada menstruação indesejada, a cada teste de gravidez negativo. A auto-estima diminui, ela não se sente mais atraente e começa a achar que seu companheiro não desejará mais ficar com ela se ela “não lhe der um filho”.

Com isso, surge a raiva, a tristeza e em alguns casos isso começa a afetar a própria sexualidade do casal, onde o prazer do ato sexual começa a ser substituído pelo fardo de “fazer” filhos. Isso pode levar a depressão e manifestações hostis, outrora impensadas. Nem sempre o homem manifesta claramente seus sentimentos, preferindo recolher-se e refletir. A mulher pode interpretar isso como um afastamento, um menosprezo de sua dor, ou ainda, a mulher pode fantasiar situações inexistentes, como traição e deslealdade.

O que a mulher precisa saber é que na maioria das vezes essas dificuldades têm soluções, geralmente simples. A vida não é feita só de rosas, e muitas vezes para sentir o seu perfume devemos remover alguns espinhos....

 

Outros Blogs

Não consigo engravidar!

Quando buscar ajuda de um especialista?

Ovários Policísticos ou SOP

Infertilidade masculina: mito ou realidade?

ASPECTOS PSICOLÓGICOS DA INFERTILIDADE

TENHO OVÁRIOS POLICÍSTICOS - POSSO ENGRAVIDAR?

DOAÇÃO DE GAMETAS...... UM ATO DE AMOR !!!

Artigos e Trabalhos Médicos

POWER ICSI