A Clinica Equipe Infertilidade Tratamentos





Tratamentos para Fertilização

"Todo casal tem o direito de ter filhos, ou pelo menos de usar de todos os métodos disponíveis para obtê-los."
Dr. Marcos Moura

A Fertilização Assistida pode ser uma excelente alternativa para realizar o sonho de ter filhos e construir sua família. Conheça aqui um pouco sobre as alternativas de tratamento para realizar esse sonho. Para qualquer esclarecimento ou informação de como proceder, entre em contato, nossa equipe está de braços abertos para recebê-la!

Fertilização In Vitro (FIV)

A fertilização in vitro (FIV), é uma tecnologia de alta eficácia em reprodução assistida. Casais que não tenham sucesso em engravidar através de tratamentos como coito programado ou inseminação artificial, podem escolher a Fertilização In Vitro para aumentar as chances de gravidez. 
O processo da Fertilização in vitro envolve consultas, exames como Ultrassonografia, exames de sangue para acompanhamento dos níveis hormonais e medicação para estimular a ovulação e facilitar a ocorrência de gravidez. Alguns tipos de FIV que realizamos na Clínica Matrix:  

FIV com doação de óvulos,
FIV com útero de substituição,
FIV com diagnóstico pré-implantacional,

Para otimizar as chances de sucesso da FIV, normalmente são fertilizados múltiplos óvulos, porque alguns podem não desenvolver satisfatoriamente após o procedimento.

Histeroscopia

A video-histeroscopia, ou simplesmente histeroscopia, como era conhecida antes da incorporação do sistema de vídeo a essa via de acesso, passou a ter seu campo de atuação muito difundido e ampliado, devido à possibilidade de se observar em monitores as imagens do interior do útero. Uma óptica é introduzida através da vagina e chega à cavidade uterina, que é iluminada propiciando imagens nítidas em alta definição. Assim, pode-se proceder a gravação ou a obtenção de fotos. A video-histeroscopia pode ser diagnóstica ou cirúrgica...

ICSI

O procedimento ICSI ou injeção intracitoplasmática de espermatozoides é uma técnica em que uma única célula reprodutiva masculina é introduzida no óvulo com uma finíssima agulha.

A fertilização ocorre em laboratório e os embriões são transplantados depois para o útero. A ICSI foi desenvolvida no início dos anos 90 e tornou-se um dos tratamentos mais populares das clínicas de fertilidade.

ICSI ou injeção intracitoplasmática de espermatozoides é indicado quando: Espermatozoides estão “fracos” ou há risco de não ocorrer a fertilização “espontânea” in vitro, eles são colocados nos óvulos graças a um moderno microscópio (micromanipulador), provocando a fertilização (injeção intracitoplasmática de espematozóide – ICSI). A técnica foi idealizada para casais cujo problema é com o homem, mas hoje ela é amplamente utilizada.

Coito Programado (Indução da Ovulação)

O Coito Programado, ou indução da ovulação, é uma alternativa de baixa complexidade, utilizando medicação específica que atua diretamente no ovário, estimulando-o a produzir óvulos capazes de serem fecundados, aumentado assim as chances de fertilização.
A gravidez por indução da ovulação é uma opção válida para casos de pequenas alterações. Pacientes que não produzem o folículo dominante, tem muco inadequado, não ovulam, tem produção deficiente de progesterona e podem ser medicadas e programar o dia da relação sexual para que a gravidez ocorra.

Inseminação Artificial

A inseminação artificial  é uma das técnicas de reprodução assistida em que o sêmen é processado no laboratório para separar o líquido seminal dos espermatozoides e os melhores espermatozoides são capacitados para realizar a fertilização. Desta forma, esta técnica é mais indicada para casais em que ocorre alguma dificuldade nesse percurso, e  que os espermatozoides estejam próximos de uma condição normal.